Image

UX

Por que UX? – por Andressa Curvelo
1 week ago

Por que UX? – por Andressa Curvelo

O urso está de volta com a série Por Que UX. Trata-se de uma série de breves entrevistas com profissionais do mercado para investigar o motivo deles trabalharem com User …
Read More

As habilidades mais procuradas em novos UX Designers
1 month ago

As habilidades mais procuradas em novos UX Designers

Em época de longas baterias de entrevistas para contratar novos profissionais de UX, é comum parar um pouco para organizar os pensamentos e analisar: “quais habilidades um novo profissional de …
Read More

Por que UX? – por Vanessa Talarico
1 month ago

Por que UX? – por Vanessa Talarico

O urso está de volta com a série Por Que UX. Trata-se de uma série de breves entrevistas com profissionais do mercado para investigar o motivo deles trabalharem com User Experience. Para quem está chegando no mercado agora, um pouco de inspiração. Para quem já trabalha com UX há um tempo, uma boa oportunidade de conhecer gente nova.

A entrevistada dessa semana foi a Vanessa Talarico.

vanessa talarico

Sou coordenadora de UX na Wunderman e participo ativamente no dia a dia da agência e dos clientes mostrando que a experiência do usuário não se resume a caixas cinzas.

Como começou a trabalhar na área?

Sou formada em Propaganda e Marketing e na época da faculdade era estagiária de Marketing no Estadão, durante umas das aulas de Criação Digital o professor explicou o que era Arquitetura de Informação e seu papel no desenvolvimento de interfaces.
A explicação resumida era algo assim: “você organiza cada coisa no lugar certo para o usuário conseguir achar facilmente”, essa foi a aula que me fez mudar de carreira, me identifiquei na hora com o mundo de AI, uma pena não ter sido no começo da faculdade. Então fiz um mini portfólio com dois projetos bem simples e fui em busca de um estágio :)

Continue lendo »

Por que UX? – por Bruno Canato
1 month ago

Por que UX? – por Bruno Canato

bruno canato

O urso está de volta com a série Por Que UX. Trata-se de uma série de breves entrevistas com profissionais do mercado para investigar o motivo deles trabalharem com User Experience. Para quem está chegando no mercado agora, um pouco de inspiração. Para quem já trabalha com UX há um tempo, uma boa oportunidade de conhecer gente nova.

O entrevistado dessa semana foi o Bruno Canato.

Sou formado em propaganda e marketing e, desde 2005, tenho trabalhado exclusivamente em agências digitais. Já passei pela Tesla, Fbiz, Wunderman, iThink (agora Sapient Nitro), Razorfish, Digitas e CUBOCC, mas atualmente estou liderando Produto na FLAG (holding por trás da CUBOCC e Pong Dynasty).

Sou um tipo meio incomum em agência por ter encarado um mestrado em Comunicação e Semiótica, em que analisei sites infantis e a construção de marca que poderia vir da experiência tida neles. Também tenho dado aulas em módulos em pós-graduações do SENAC e do Impacta, além de ter falado no WIAD deste ano e apresentado um case no IXDA do ano passado. Em suma – tamanho gosto pela coisa que trabalho com isso, estudo isso e leciono isso. 

Como começou a trabalhar na área?

Minha vida em agência começou graças a um professor. Eu e uma amiga éramos mega engajados em sua aula de criação digital e um amigo dele estava precisando de dois estagiários. Foi por meio dessa indicação que comecei a trabalhar na equipe do Eco Moliterno (atual África) na Tesla, em 2005.

Comecei trabalhando com redação – o que, na época, consistia muito mais em conteúdo do que redação publicitária. Por inquietação, na Tesla mesmo comecei a pescoçar o que outras pessoas faziam – os gerentes de projeto, pessoas de front-end – e acabei sentado do lado do arquiteto de informação da Tesla, Rei Quinto.

Um tempo depois, um atendimento da Tesla tinha notado que eu gostava muito de desenhos animados e quis me indicar para uma vaga de conteúdo na Nickelodeon. Infelizmente, eu iria me formar antes do que eles poderiam efetivar, mas a conversa foi boa e me indicaram para a Fbiz, que atendia a empresa na época. Após uma primeira entrevista lá pra atendimento (vixe), me chamaram para uma segunda. O diretor de criação, Viktor Blazek, achou que eu ia preencher muito bem a necessidade que eles tinham de trabalhar com AI, ajudando a coordenadora da área, Camila Olivo.

O resto é história – com mais ou menos detalhes que isso. :)

Continue lendo »

Aumentando seu ROI em UX
2 months ago

Aumentando seu ROI em UX

ROIchalkboard
Todos nós sabemos que quando nossos clientes contratam um serviço de desenvolvimento ou criação de qualquer produto web, a coisa que ele mais quer é aumentar seu ROI.

Oi? RÓI? Dos Menudos?

(só os nascidos nos anos 80 podem entender)

Então, para aqueles não familiarizados com o termo, ROI (rói) é a sigla para Return On Investment ou ainda Return Over Investiment.

Na nossa tradução brazuca fica Retorno sobre Investimento e consiste na observação da relação de dinheiro ganho e/ou perdido em um determinado investimento. Se você está acostumado a trabalhar com o Google Adwords deve ouvir direto este termo.

Então pensei na dificuldade que algumas empresas sentem em passar a importância da UX dentro do projeto e achei um artigo gringo super legal que dá alguns pontos importantes de defesa na hora de fechar o projeto.

Vamos a eles:

Os custos de desenvolvimento reduzido 

O planejamento cuidadoso no início do processo de concepção de um produto vai economizar tempo, dinheiro e esforço a longo prazo.

Um estudo realizado por Smith & Reinersten considerou que as decisões-chave do sistema de design feitas durante os primeiros 10% do processo de concepção de um produto pode determinar 90% do custo e desempenho do produto.

Continue lendo »

Top